26 de nov de 2014

Aos meus filhos...

O ritual do chá noturno reza que no momento em que os membros da família se reúnem para o transcorrer dos fatos que ocorreram durante o dia, exercitam a troca entre si quando se interessam por aquilo que é verbalizado pelo outro.

Desenvolvem a capacidade da escuta, da síntese e do cuidado no momento de opinar sobre aquilo que está sendo ouvido.

O ritual do chá noturno, permite que cada eleme
nto da família possa escolher uma xícara da coleção. Isso permite a compreensão de que objetos tem que ser curtidos e direcionados para uso sadio, favorecendo a vivência do prazer já em pequeninas coisas.

O ritual do chá noturno, favorece o desenvolvimento no que se refere à escolha (do sabor, da xícara, do incenso e da música) e o rodízio de quem ficará de que lado da mamãe.

Permite ainda, informações sobre os efeitos da referida bebida para um sono satisfatório e o uso comedido do açúcar.

Auxilia no desenvolvimento da união e colaboração para arrumar a mesa com carinho e zelo.

No encontro noturno do chá, tem filha discursando para as eleições de representante de turma e filho desenhando a mãe com toalha de banho na cabeça enquanto indaga como pernilongos tão gordos chegam até o nosso apartamento no quinto andar.

No ritual do chá noturno cabe beijo, abraço e olhares se cruzando entre uma fala e outra... também entre o silêncio quebrado por uma deliciosa gargalhada infantil ao descobrir que os pernilongos na verdade não sobem gordos, mas assim ficam depois que nos chupam a noite inteira...

Uma deliciosa noite a todos!
A minha já está ganha!
MamÃNA

Ana Virgínia Almeida Queiroz

Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More