26 de nov de 2014

"A vida necessita de pausas."

Para cada volta que dá o mundo, a alma necessita seguir por espiral ascendente... quero o cheiro e o frescor da chuva, o ninho acolhedor, um corpo são para me abrigar, a mente cristalina, o olhar que sereno beija a fronte dos meus filhos. Quero que o ar que sai de minhas narinas seja puro e perfume meus amores. Que sintam a paz trabalhada, conquistada conscientemente. Desejo que internalizem o meu... amor que de coloração azulada abranda, emanando força e segurança. E de tudo que ainda poderia deixar, desejo apenas a percepção do ser humano que cá habita e que faz da pausa, um item fundamental para o retorno triunfal...
Uma semana iluminada a todos!

"Comer, rezar e amar"?
Primeira etapa concluída com êxito e equilíbrio na dança... por favor, a seguinte!

Ana Virgínia Almeida Queiroz

Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More