13 de jun de 2014

Feliz sexta-feira 13!

Boa sexta-feira 13 com:
Realize! Não se doe ao acaso!

E onde você estava?

...quando a vida te mostrou que o caminho percorrido já era conhecido e não te levaria a lugares novos?

  ... quando não aprendeu que relacionamentos são padronizados, repetitivos nas alegrias superficiais e nas dores descomunais, até que você mude sua forma de pensar, agir e sentir?

  ... quando pouco ou nada atento às necessidades da sua essência, aderiu aos apelos sociais, se conectou e se conten
tou com as limitações afetivas do outro só para fugir da solidão ou de si mesmo?

  ... quando se permitiu se relacionar sexualmente por migalhas afetivas e o telefonema do dia seguinte nunca aconteceu... nem o sorriso, nem o abraço, nem o beijo, nem o carinho, muito menos o respeito?

  ... quando o universo te enviou sinais sobre o percurso mais seguro e longo e você preferiu os atalhos?

  ... quando você deixou de se ouvir para preencher lacunas emocionais com compulsões de toda natureza?

  ... quando por preguiça de construir, preferiu contar com a sorte de encontrar alguém pronto e só encontrou alguém preguiçoso como você?

E você agora fala em azar?

  Não saber o que se deseja é não perceber quando se encontra.

"Eu quero a sorte de uma amor tranquilo..."

Ana Virgínia de Almeida Queiroz

Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More