13 de jun de 2014

Bom senso

Bom dia com: well... não obstante o bom humor, Leminski que me perdoe!

Não. Eles não estão apenas nas listas dos serial killers.

  Todos transitamos por uma linha gradativa que pode se iniciar em "simples" atos de egoísmo, evoluindo para a perversidade velada, culminando em atos hediondos.
O que nos diferencia dos criminosos?

  O uso contínuo, elaborado, gratuito e deliberado dessa tendência.

  Vez ou outra faz parte da nossa condição humana. Comportamento cristalizado denun
cia a existência de patologia.

  Sim. Já em crianças pode-se perceber tendências e trabalhá-las. Se perceber em adultos, salve-se! Corra em sentido contrário ou aprenda a difícil arte de usar a própria perversidade para se defender, mas NUNCA para medir forças com um deles.

  Eles estão em toda parte! São empregados, cônjuges, galãs, moças sensuais, políticos, colegas de trabalho.

  Não quero deixar meu bom senso de lado aprendendo como se vive, com um psicopata. Obrigada!

Prefiro fazer terapia e ficar cada dia mais imune à sedução de toda natureza!

Bjs amados!

Ana Virgínia de Almeida Queiroz

Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More