13 de jun de 2014

As pessoas mais bonitas...

Uma hora a alma clama pela verdade que se manifesta na simplicidade de gestos que outrora passavam discretos, meio à tirania do TER.

 Visto-me de gargalhadas bem próximas ao meu ouvido que enchem meu corpo de luz, acordando as células da autenticidade.

 Cada pisada no chão é um levitar constante em busca da livre expressão. Olhar focado e não menos atento aos sinais oriundos da sabedoria interna.
Sim, sim para o amor incorporado artisticamente!

Não para tudo o que, erroneamente definido como cultura, possa lançar-me para dias sombrios, acumuladores de tudo aquilo que me afaste de SER.

Permito-me o olhar além do que se apresenta como aceitável, padronizado.
Cada pessoa traz dentro de si, tesouros que só enriquecem a vida daqueles que despidos do materialismo, enxergam com os olhos de Deus!

Uma maravilhosa sexta-feira a todos!

Ana Virgínia de Almeida Queiroz

Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More