6 de mar de 2014

E lá vem!

E lá vem!
Vem gente querendo atropelar outras pessoas para satisfazer as próprias necessidades.
Vem gente apressado em preencher vazios, nem que para isso seja necessário brincar com os sentimentos alheios.
Vem gente com discurso moderninho e pronto, ensaiado na frente do espelho ou ao pé do ouvido de outra gente carente.
Vem gente subestimando a capacidade do outro de ler nas entrelinhas....
Vem gente dupla face, mas que no frigir dos ovos é a mesma coisa frente e verso.
Vem gente inocente quanto ao próprio egoísmo, disfarçado de maldade, apelidada de malandragem.
Vem que vem...
Fazer morada no ombro de quem se ama é outra história!
 
Ana Virgínia - 26 de fevereiro de 2014



Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More