16 de out de 2013

A curva


 
(...) Entendo o medo como um ingrediente de forte expressão para todo processo de mudança e reflexão sobre o entregar-se às possibilidades. A curva entraria como elemento que desperta tal sentimento, especialmente por ser desconhecido o que vem depois dela. E como saber se não nos enfronharmos naquilo que sugere o desapego do "controle"? Novamente nos deparamos com as questões referentes ao apego à zona de conforto, à realidade limitada de nós mesmos e a não exploração do universo que se esconde internamente!

Ana Virgínia Almeida Queiroz

Google+ Twitter Facebook Delicious Digg Favorites More